Anilhagem N'A Rocha

Conhece a Estação


A estação de anilhagem d’A Rocha é uma das mais antigas de Portugal, foi criada em 1985 pelo Peter Harris e participa no PEEC e no MAI desde o início.


Até ao início dos anos 2000, a anilhagem era feita em vários locais da Quinta da Rocha e também no sapal da Ria de Alvor. A vedação de uma grande parte da península da Quinta da Rocha levou a uma grande diminuição da actividade de anilhagem e do número de aves capturadas. Hoje em dia, a anilhagem é feita apenas no terreno à volta do centro da associação A Rocha - Cruzinha.


Como a estação de anilhagem d’A Rocha foi uma das primeiras a operar em Portugal (e a 1ª no Algarve), várias espécies de aves foram registadas pela 1ª vez para a equipa dessa estação. É uma das únicas estações a usar uma “heligoland trap”, mas chegou a usar 2 quando ainda era possível andar na Quinta da Rocha toda.



Desde os anos 90, a estação d’A Rocha em parceria com a Universidade de Cardiff (País de Galles) também organiza campanhas de anilhagem de painhos perto da Ponta da Almadena durante o mês de Junho. Até hoje mais de 6000 painhos foram anilhados e o 1º Painho-de-Swinhoe para Portugal continental foi apanhado por essa equipa.


Ao longo dos anos, muitos anilhadores passaram pela estação e A Rocha participou na formação de muitos aprendizes. Durante o outono, anilhadores estrangeiros visitam a estação, permitindo um esforço maior na migração e alguns têm regressado todos os anos.


© 2020 Associação Portuguesa de Anilhadores de Aves

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now